Brasileiros que moram na região de Cáceres (225km a oeste de Cuiabá) estão entrando na Bolívia para conseguir se vacinar contra a covid-19. Segundo o site La Patria, foram registradas ameaças de brasileiros contra um médico para tentar forçar a vacinação.

Mesmo com as fronteiras fechadas há uma semana, brasileiros têm conseguido entrar no país e utilizado comprovantes de endereço de familiares para tentar conseguir uma dose do imunizante. Isso porque para se vacinar em território boliviano é necessário ter nascido no país ou ser residente.

No sábado (3), foram registrados incidentes com brasileiros em San Matias, cidade mais próxima da fronteira com o Brasil em Mato Grosso. Um médico relatou ao La Patria que após as ameaças recebidas de brasileiros, pediu segurança para garantir que a vacinação ocorresse sem problemas.

A entrada de brasileiros na Bolívia tem trazido preocupação ao governo do estado de Santa Cruz, pois além da procura pela vacina, existe o risco de que os visitantes levem a nova variante da covid-19 para o país.

Em coletiva na segunda-feira (5), o secretário de Saúde de Santa Cruz, Marcelo Ríos, afirmou que existe uma preocupação com uma possível 3ª onda da covid-19, tendo em vista que a quantidade de vacinas ainda é pequena diante da população.

"Santa Cruz tem uma emergência na fronteira. Teve que tomar decisões para salvar a vida e fazer contenções. As pessoas estão desesperadas", disse à imprensa.

Gazeta Digital