Plan(34).jpg

Na manhã de hoje, 08/11 (quinta feira), por volta das 08:00Hs, um jovem de iniciais T.E.S.S. de 16 anos, compareceu na delegacia de policia para queixar de um roubo que sofreu minutos atrás, quando o mesmo seguia para a escola união e força, local onde estuda.

ASSUNTA O DESMANTELO

O jovem, muito revoltado, relatou aos investigadores de plantão na 1DP que no momento do corrido seguia tranquilamente pela Avenida Marechal Castelo Branco, no Bairro Jardim São Luiz, sentido a escola, porém, quando passava aos fundos do posto de saúde, foi atacado por um malandro,branco e magro, que estava em uma bicicleta, de cor roxa, que parou ao seu lado, em seguida segurou em seu braço e disse "vou falar só uma vez, me passa o celular", isso tudo com uma das mãos por baixo da camiseta, dando a entender que estava armado.

A vítima disse que diante desse atropelo, fazer o que? o jeito foi entregar o telefone pro vagabundo, sendo um de marca Samsung J5 Prime, de cor branco, que após o SERVIÇO feito, o pilantra fugiu em disparada, tomando rumo ignorado,deixando ele até variádo pelo tamanho da malandragem.

Diante dessa pilantragem ele baixou no badalado CISC para comunicar o fato e pedir providências.