e39923c524bfb4adf2603bb205431305.jpg

O promotor Adalberto Ferreira de Souza do Ministério Público instaurou um inquérito para investigar um homem que aparece em um vídeo comendo morcegos e carne de cobra que foi gravado no último domingo (22) no município de Dom Aquino (a 180 km de Cuiabá). A Polícia Civil também apura o caso.

Na gravação, o homem que ainda não identificado, aparece cortando a cobra em tiras e mostra outros cinco morcegos que seriam preparados em uma refeição. Ele afirma que sempre gostou desse tipo de carne e se referiu a si mesmo como um 'homem da natureza'. "Eu gosto dessas coisas porque eu sou selvagem, sou da natureza. Ainda não foi no fogo ainda, está crua, mas está muito boa. Agora, vamos experimentar o morcego", disse.

O homem afirma ainda que não se privaria do alimento devido à pandemia do corona vírus, e que após temperar os animais, eles seriam fritos. "Nós temos carne de vaca e de porco, só que eu prefiro essa aqui (a carne de cobra). Eu não vou me privar por causa de coronavírus (Covid-19). Eu prefiro carne de cobra do jeito que ela veio da selva. Tem mais cinco morcegos aqui que eu vou fritar também. Eu faço isso porque eu gosto, não é pra fazer bonito é porque eu gosto. E ninguém vai me proibir de fazer isso. Só a morte que vai tirar isso de mim", afirmou.

Em seguida, o homem tempera o morcego e diz que prefere comer o alimento cru, que só precisaria dar uma esquentada na comida para se alimentar.

A Secretaria Municipal de Saúde denunciou o homem ao Ministério Público e que foi instaurado um procedimento investigatório contra o suspeito por crime ambiental.

Folhamax