DSC00742.jpg

Na manhã de hoje, 14/02, (sexta feira), por volta das 08:30Hs, uma cidadã de iniciais E.A.M. de 30 anos, compareceu na delegacia de polícia para clamar de um furto que sofreu no famoso residencial Dom Máximo.

ASSUNTA O DESMANTELO

A comunicante, revoltada demais da conta, relatou aos investigadores de plantão na 1DP que na tarde de ontem, (quinta feira), por volta das 13:30Hs, deixou sua motoca Biz, estacionada em frente a residência de sua amiga e quando resolveu ir embora, percebeu que o bagageiro da Biz estava estourado, pois é, algum malandro baixou por lá e atacou sua motoca, sendo que do bagageiro o pilantra carregou sua carteira, contendo em seu interior documentos pessoais e a quantia de R$ 1.600,00 (hum mil e seiscentos reais).

Diante dessa vadiagem medonha ela compareceu na delegacia de polícia para comunicar o fato e pedir providências.

A divisão de roubos e furtos da 1DP investiga o caso.