policial-65-78(76).jpg

Na tarde de hoje (quarta feira), por volta das 17:30Hs, um cidadão de iniciais J.X.S. de 52 anos, compareceu na delegacia de policia para registrar um boletim de ocorrência de roubo a mão armada acontecido em sua propriedade rural, localizada na comunidade de Santa Luzia, no Distrito do Caramujo.

VAI VENNNNNNNNNNNNDO

O comunicante relatou aos investigadores de plantão na 1DP que ele e sua família passaram momentos de terror nas mãos dos ladrões, que o fato aconteceu na parte da manhã, por volta das 07:00Hs, quando o mesmo estava saindo da propriedade para tratar dos animais e nesse momento foi atacado por um indivíduo armado com um revólver e que um outro suspeito, também armado com revólver abordou sua esposa que estava na cozinha, porém, eram 03 ladrões e falavam o tempo todo que queriam a camionete, mas, ele (comunicante) havia deixado a sua camionete Toyota Hilux, CD 4X4, de cor prata, placa OBE 1919, no sítio do seu pai, aproximadamente uns 500 metros de sua propriedade, com isso, um dos ladrões ficou cuidando dele e de sua esposa e os outros dois foram até o sítio do seu pai, chegando lá renderam seu pai, de iniciais J.D.X. de 85 anos e sua mãe, de iniciais D.I.J.X. de 75 anos e seu irmão, de iniciais S.J.X. de 38 anos, onde um dos suspeitos ficou cuidando dos três e o outro pegou a camionete e voltou até a sua propriedade e em seguida levou todos para o sítio do seu pai novamente.

O comunicante disse ainda que a todo momento os ladrões faziam pressão psicológica, que um deles ainda ficou usando entorpecentes e bebendo cervejas o tempo todo que ficou no local, disseram que se ele (comunicante) ou alguém da família denunciar o fato, iriam voltar e matar todo mundo, sendo que por volta das 09:00Hs, um deles pegou a camionete e saiu, enquanto os outros dois ficaram com eles (vítimas), que segundo os dois que ficaram, deveriam ficar ali até a camionete chegar na Bolívia.

O cidadão disse que por volta das 11:00Hs, os dois ladrões que ficaram, saíram levando uma moto e deixando todos amarrados, que das duas propriedades (do seu sítio e do seu pai), além da camionete os ladrões levaram 01 espingarda Cal 22, 01 notebook, 01 anel de formatura, 01 aspirador de ar, 01 motosserra, 01 máquina de solda, 01 celular, de marca MotoG, de cor preto, jóias, tênis, 3 mil reais em dinheiro, entre outros.

O comunicante contou ainda que assim que os ladrões foram embora e se livrou das amarras, o mesmo entrou em contato com a policia militar que saiu no encalço dos ladrões.

No momento da confecção do boletim de ocorrência, a vítima recebeu uma ligação informando que populares haviam encontrado a moto amoitada em uma quisaça, próximo a propriedade.

A divisão de roubos e furtos da 1DP investiga o caso.