20200213174801.jpg

Na tarde desta quinta feira, 13/02, por volta das 14:00Hs, a polícia militar de Cáceres, recebeu uma informação que os suspeitos da tentativa de roubo, inclusive com disparos de arma de fogo em direção a vítima, sendo uma policial penal, ocorrido na manhã de ontem (quarta feira), estariam escondidos em uma residência de propriedade de uma mulher morena, magra, conhecida como Bia, de 25 anos, localizada na Rua da Areeira, no Bairro EMPA.

Após as informações realizaram rondas no referido local e avistaram a suspeita saindo da referida residência, com uma moto Yamaha Fazer, de cor preta, que esta, ao perceber a presença policial demostrou grande nervosismo e voltou para o interior da residência, com isso, foi dada a ordem de parada a suspeita, onde a mesma desobedeceu e os policiais foram atrás dela e adentrando a residência localizou mais 02 indivíduos, sendo um de nome Adilson, de 20 anos, e o outro de apelido Acerola, de 24 anos, que tentaram correr em direção ao muro lateral da casa, porém, foram detidos por outra guarnição policial e resistiram a abordagem, entrando em luta corporal com os policiais, onde foi necessário o uso da força moderada para conte-los.

Em revista a residência, foi encontrado 02 crianças dormindo no quarto da Bia, e em cima do guarda-roupas foi encontrado uma porção grande de maconha.

Bia relatou aos policiais que os suspeitos estavam fugindo em virtude de uma tentativa de roubo que praticaram na manhã de quarta feira, e que conhecia apenas o Adilson, o Acerola, ela nunca tinha visto.

Após as declarações o suspeito Adilson, relatou aos policiais que na manhã de ontem (quarta feira), foi roubar uma residência no Bairro Vila Irene, e que no momento se assustou com a vítima saindo da residência e efetuou um disparo de arma de fogo em direção da mesma e que a arma de fogo foi fornecida por um indivíduo de apelido Espeto, morador do Bairro Vila Irene, sendo que este, passou todos os detalhes da rotina da vítima, dando inclusive suporte logístico e residencial para os mesmos, na tentativa de roubar a residência e o veículo da vítima.

Os policiais conseguiram localizar também o suspeito Espeto, onde este informou que a arma utilizada no crime estava escondida na residência do seu padrasto, no residencial Dom Máximo, e lá foi encontrada a arma, sendo um revólver Cal 38, com 03 munições intactas.

Diante dos fatos os suspeitos foram encaminhados até o CISC para as devidas providências.

20200213174748.jpg